Iogurte desnatado pode reduzir o risco de diabetes tipo 2

Comer lanche uma vez a cada dois dias diminui chances em até 47%, diz estudo

Fonte: Minhavida.com.br
POR:  MINHA VIDA – PUBLICADO EM 10/02/2014

Inclua o iogurte desnatado como lanche entre as refeições ajuda a reduzir o risco de diabetes tipo 2 quase pela metade, de acordo com os resultados de um novo estudo da Universidade de Iogurte desnatado pode reduzir o risco de diabetes tipo 2Cambridge, no Reino Unido. Os resultados foram publicados online 05 de fevereiro na revista Diabetology.

Os cientistas acompanharam o registro diário detalhado de todos os alimentos e bebidas consumidos por um grupo de 4.255 pessoas, sendo que 753 dessas desenvolveram diabetes tipo 2 no últimos 11 anos. No início do estudo, os indivíduos tinham uma idade média de 59 anos e índice de massa corporal (IMC)) de 26.

Cada participante preencheu um extenso questionário sobre todos os alimentos lácteos ingeridos, como leite, queijo ou iogurte. Estes foram divididos em alto teor de gordura e baixo teor de gordura, com base em um corte de 3,9% para o teor de gordura total. Produtos lácteos fermentados (iogurte, queijo e creme de leite) também foram classificados separadamente em alto e baixo teor de gordura.

Leite foi o mais consumido, representando 82% do cardápio de alimentos lácteos, seguido pelo queijo (9%) e iogurte (8%). Consumo de produtos lácteos total foi de 269 g por dia em médica, dos quais 65% eram com baixo teor de gordura.

O consumo total de produtos lácteos não foi associado com o risco reduzido de diabetes, mas a ingestão de laticínios de baixo teor de gordura foi, após o ajuste para idade e sexo. No entanto, a redução não era tão significativa quando se ajustava outros fatores, como IMC, tabagismo, consumo de álcool, classe social, atividade física e outros componentes da dieta.

Do mesmo modo, o consumo total de produtos lácteos fermentados foi associado com um risco 19% mais baixo, mas isto também se tornou não significativo após ajuste para fatores de risco.

Conheca Viva Zero

No entanto, o iogurte de baixo teor de gordura foi associado com um risco reduzido de 35% mesmo após o ajuste para fatores de risco. Em uma análise separada, os autores descobriram que substituir lanches como bolos, biscoitos e chips pelo iogurte resultou em um risco 47% inferior para diabetes tipo 2. Segundo os pesquisadores, a medida ideal para consumo é 4,5 porções de tamanho padrão (125 g) por semana.

Vários mecanismos possíveis poderiam explicar a relação entre produtos lácteos fermentados e diabetes, incluindo a promoção da síntese de menaquinona (vitamina K2), que tem sido associada a taxas reduzidas de diabetes do tipo 2, ou as ações de bactérias probióticas, que têm sido encontrados para melhorar o perfil lipídico e antioxidante em pacientes com diabetes tipo 2, sugerem os estudiosos.

Aproveite os benefícios do iogurte para a saúde

Se o leite já é um alimento excelente e rico em nutrientes para a saúde, imagine então o seu derivado que agrega praticamente todos os benefícios e ainda traz outras vantagens. “No iogurte, a lactose – um tipo de açúcar – foi transformada em ácido láctico por meio da fermentação bacteriana”, explica a nutricionista Gisela Peres, da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. “Isso faz com que o iogurte seja fonte de fermentos lácteos que melhoram a digestão e trazem benefícios para todo o organismo.”

Aumenta a imunidade

O consumo regular de iogurte ajuda a recompor as bactérias benéficas da flora intestinal – chamadas probióticos. “Elas são verdadeiros soldados lutando para expulsar do organismo as bactérias ‘ruins'”, explica a nutricionista Gisela. Esses micro-organismos contribuem para aumentar a imunidade. “O intestino saudável é capaz de separar o que não nos faz bem e absorver os principais micronutrientes, como as vitaminas”, complementa.

O site Diabete.Com.Br avisa: As informações contidas neste site não se destinam ou implica a ser um substituto para aconselhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento. Todo o conteúdo, incluindo texto, gráficos, imagens e informações, contidos ou disponíveis através deste site são apenas para fins informativos gerais. As opiniões expressas aqui são as opiniões de escritores, colaboradores e comentaristas, e não são necessariamente aqueles de Diabete. Com.Br. Nunca desconsidere o conselho médico profissional ou demorem a procurar tratamento médico por causa de algo que tenha lido ou acessado através deste site.