Sucralose (nosso primeiro artigo no site)

 

Perguntas e Respostas sobre o mais recente adoçante: Sucralose

Fonte: Nossos arquivos em abril de 1998

 

O que é sucralose?  

 Sucralose é o único adoçante derivado do açúcar. E o mais utilizado em todo mundo em alimento e bebidas de baixa caloria e  também como adoçante.

Do que é feito sucralose?
Sucralose é derivado do açúcar através de um processo patenteado de multi-passos, que substitui seletivamente 3 átomos de cloro, pôr 3 grupos de hidrogênio-oxigênio na molécula do açúcar. Essa oportuna troca de átomos de cloro cria uma estrutura molecular que é excepcionalmente estável e aproximadamente 600 vezes mais doce que o açúcar.

sucralogeO sucralose é seguro?
Sim. Mais de 100 estudos científicos durante 20 anos, comprovaram que o sucralose é seguro. Importantes estudos toxicológicos foram feitos e ficou comprovado que o adoçante sucralose não e cancerígeno. Os dados dos estudos foram avaliados independentemente pôr vários peritos de diferentes disciplinas, incluindo toxicologia, oncologia, teratologia, neurologia, pediatria e nutrição.

 

O que os órgãos competentes comentam à respeito da segurança do sucralose?
Junto ao FDA, a segurança do sucralose foi confirmada pela Joint FAO/WHO Expert Comittee on Food Additives (JECFA); a Health Protection Branch of Health and Welfane Canada; a National Food Anthority of Australia; e os Ministerios da Saúde da Argentina, Brasil, China e México, num total de mais de 25 países pôr todo o mundo.

Produtos adoçados com sucralose trazem algum rótulo de advertência ou declarações?
Não. As agências reguladoras e os órgãos científicos que endossaram a segurança do sucralose, não exigiram qualquer informação de advertência para serem colocados nos rótulos dos produtos adoçados com sucralose.

Sucralose produz calorias?
Sucralose sozinho não tem nenhuma caloria. Quando usado para adoçar comidas ou bebidas, nenhuma caloria é acrescentada. Porem produtos feitos com sucralose algumas vezes contém calorias provenientes de outras fontes, como carboidratos, proteínas e gorduras

Que tipos de produtos contém sucralose?
Sucralose faz parte principalmente de produtos de baixa caloria, incluindo refrigerante, sorvete, laticínios e alguns “doces”. Uma das qualidades deste adoçante, é que ele pode ser usado como açúcar, sem perder a sua semelhança com o mesmo, mesmo quando é exposto à temperatura elevadas. Assim produtos feitos com sucralose mantém a doçura quando o cozido ou assados, e quando armazenados pôr um longo período. Nos Estados Unidos, o FDA aprovou o uso de sucralose em 15 categorias de bebidas e comidas: Assados (doces) e cozidos – Bebidas – Chicletes – Café e chá – Confeitos e congelados – Laticínios – Tempero para saladas – Sobremesas congeladas e misturas para bolo – Gelatinas, pudins e recheios – Geleias e seus derivados – Produtos derivados do leite – Sucos de fruta e frutas processadas – Substitutos do açúcar – Molhos doces, coberturas e xaropes (melados).

Como o sucralose é absorvido pelo corpo ?
Embora a sucralose seja feita do açúcar, o corpo não o reconhece como açúcar ou outro carboidrato. A molécula de sucralose passa pelo corpo sem se modificar, isto é, não é metabolizada, e é eliminada após o consumo.

O cloro na sucralose é potencialmente prejudicial ?
Não. O cloro em forma de cloreto, é um elemento seguro e natural, presente em várias comidas e bebidas consumidas diariamente. É encontrado na maioria das águas, e é também achado na alface, tomate, cogumelos, melões, manteiga de amendoim e sal. Na caso da sucralose, a adição de cloro na molécula de sucralose é o que faz com que a sucralose fique livre de calorias.
O cloro restitui química e biologicamente a molécula de sucralose, de maneira que a sucralose passa através do corpo sem ser metabolizado e é eliminado após o consumo.

Quanto sucralose pode ser consumido seguramente por uma pessoa ?
Estudos demonstram que a quantidade de sucralose que pode ser consumido por indivíduos, mesmo que diariamente durante toda sua vida, continuará sendo seguro por uma larga margem, segundo as autoridades internacionais de saúde. A Dose Diária Consumida (ADI) para a sucralose estabelecida pelo U.S. Food and Drug Administration, é de 5mg/Kg do peso do indivíduo, por dia.

Pessoas com diabetes podem usar sucralose ?
Numerosos estudos demonstraram que o sucralose pode ser consumido com segurança por diabéticos. O sucralose não é reconhecido pelo corpo como açúcar ou carboidrato. Não é metabolizado pelo corpo como energia e não afeta a taxa de glicemia. O sucralose não afeta também na utilização da glicose no sangue, no metabolismo do carboidrato ou na produção de insulina. Produtos adoçados com sucralose proporcionam um bom sabor e baixas calorias, uma boa alternativa para pessoas diabéticas que desejam reduzir a entrada de calorias e açúcar. Qualquer dúvida quanto a nutrição, as pessoas devem consultar seu médico ou um profissional competente quanto a planejamento alimentar.

Mulheres grávidas ou que estejam amamentando podem consumir sucralose ?
Sucralose pode ser consumido por qualquer pessoa, inclusive mulheres grávidas e que estejam amamentando. Embora a sucralose possa ser usado como parte de uma saudável dieta pré e pós natal, mulheres grávidas devem sempre consultar seu médico ou nutricionista à respeito da melhor alimentação para assegurar sua saúde e a do bebê durante este tempo muito especial.

A sucralose é segura para crianças ?
Comidas e bebidas adoçadas com sucralose não são arriscadas para a saúde de jovens. Porém , podemos observar que alimentos com adoçantes de baixas calorias não são recomendados para uma dieta infantil, pois a energia dos carboidratos e necessária para uma criança em desenvolvimento.

Qual é o papel da sucralose em uma dieta saudável ?
A sucralose pode ser usado como parte de uma dieta saudável, a qual inclui uma variedade de alimentos nutritivos em porções moderadas. Como o sucralose oferece o doce sabor do açúcar sem as calorias do mesmo, e por ser ideal para cozinhar e assar, ajuda na exigência de consumo por alimentos de bom sabor e bebidas sem as calorias do açúcar.

Share on FacebookShare on Twitter+1Share via emailShare on LinkedInPin it on Pinterest