Jogar futebol ajuda a diabéticos

Uma pesquisa recém-publicada mostra que jogar futebol faz bem para o coração, diminui a pressão arterial e ainda aumenta o condicionamento físico.

Fonte: Tribuna da Bahia
Por: CicloVivo
Publicada em 18/08/2013

Jogar futebol ajuda a diabéticos

Realizado na Dinamarca, o estudo conclui que, depois de três meses de treinamento, o coração se torna dez anos mais jovem. A pesquisa foi realizada com homens  que têm diabetes tipo dois, e concluiu que o esporte mais popular do Brasil também reduz a necessidade de medicação entre estes pacientes.

Os pesquisadores da Universidade de Copenhague avaliaram os efeitos dos treinos de futebol em 21 homens diabéticos, com idades que variam entre 37 e 60 anos. Os resultados do estudo mostram que, ao jogar bola, o coração ganha mais flexibilidade, o que não foi registrado com outros tipos de atividade física.

Depois de realizarem os treinos, os participantes foram submetidos a exames de avaliação de desempenho cardíaco, que mostraram que a capacidade de contração do coração melhorou em 23% depois da prática do esporte popular. “Descobrimos que o futebol melhorou significativamente a flexibilidade do coração e, além disso, tornou o tecido do músculo cardíaco capaz de trabalhar 29% mais rápido”, explicou o pesquisador Jakob Friis Schmidt, coordenador da pesquisa, publicada na Biblioteca Nacional de Medicina dos EUA.

Conheca Viva Zero

Os cientistas também observaram que, no começo do estudo, 60% dos participantes apresentavam pressão alta e tomavam um ou mais medicamentos. De acordo com o site I saúde, os jogos de futebol foram os mais eficientes para diminuir a pressão arterial dos pacientes, registrando a marca de 8mmHg de pressão sistólica e diastólica.

Em linhas gerais, a pesquisa concluiu que jogar bola traz o mesmo efeito proporcionado pelos medicamentos que controlam a hipertensão, o que pode reduzir o uso destes remédios. “Os resultados do estudo, juntamente com o interesse dos participantes em continuar a praticar o esporte, mostram que o futebol tem um grande potencial para ajudar os pacientes diabéticos”, conclui o pesquisador Jens Bangsbo.

No entanto, quem joga futebol com os amigos apenas aos finais de semana deve fazer check-ups a cada seis meses e ficar atento às recomendações médicas, parando de jogar se os sinais de cansaço forem moderados.

O alongamento também é indispensável antes dos jogos. Além disso, o álcool deve ser evitado antes e logo após as partidas. O cigarro também deve ser abandonado, pois compromete o desempenho do pulmão, não só nos 90 minutos.

O site Diabete.Com.Br avisa: As informações contidas neste site não se destinam ou implica a ser um substituto para aconselhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento. Todo o conteúdo, incluindo texto, gráficos, imagens e informações, contidos ou disponíveis através deste site são apenas para fins informativos gerais. As opiniões expressas aqui são as opiniões de escritores, colaboradores e comentaristas, e não são necessariamente aqueles de Diabete. Com.Br. Nunca desconsidere o conselho médico profissional ou demorem a procurar tratamento médico por causa de algo que tenha lido ou acessado através deste site.